sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Sounds of the 80s

Acaba de ser lançado o melhor álbum do ano, quiçá da década. E, por increça que parível, não tem nenhuma música nova - só sucessos dos anos 80. Imagine só: um álbum duplo, com 37 faixas, cada uma com um grande nome da nova música pop britânica interpretando um sucesso consagrado dos anos 80. É o Sounds of the 80s produzido pela BBC Radio 2.

Falando assim não parece grande coisa. Mas já imaginou ouvir Smalltown Boy, o grande sucesso do Jimmy Somerville, na voz da Dido? Ou o fabuloso Sam Smith interpretando How Will I Know, sucesso consagrado da Whitney Houston. E a Rumer interpretando Arthur's Theme (The Best That You Can Do), sucesso do Christopher Cross que marcou a década.

Cada faixa é superada pela próxima. Lembram de Walk Like An Egyptian das The Bangles? Aqui é interpretado pela Caro Emerald - de arrepiar! Tem o Shane Filan (ex-Westlife) interpretando True Colors (originalmente da Cyndi Lauper), Lisa Stansfield cantando You're The Best Thing (originalmente do Style Council), a Kylie Minogue cantando Bette Davis Eyes (da Kim Carnes) e o Will Young cantando Teardrops (Whenever I hear goodbyes, remind me baby of you... I break down and cry...). E tem mais, muito mais...

Pois é, when you get caught between the moon and New York City, the best that you can do is fall in love...

Para degustar:


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Aniversário

Hoje é meu aniversário e a primeira coisa que fiz assim que acordei foi pegar uma calculadora para checar quantos anos estou completando. Sério! É claro que eu tinha uma ideia, mas não sabia o número exato. Acho ótimo não ligar nem um pouco para a idade (mas talvez se eu não tivesse essa carinha de 18 e este corpinho de 22 e meio eu estivesse me preocupando, sei lá).

Nada me daria mais alegria neste dia do que poder passar alguns momentos descontraídos com meus amigos, abraçar e ser abraçado. Então reservei o Sirocco Sky Bar pra gente hoje - sentir a brisa fresca de Bangkok do alto do 63º andar vai deixar todo mundo inspirado. É só falar meu nome na porta que a recepcionista o acompanha. Te vejo lá depois das nove?


sábado, 8 de novembro de 2014

Interestelar


Há dois anos eu gostei muito de Inception e até vi duas vezes e ainda comprei o blu-ray para assistir quando tivesse vontade. Inception tem um visual arrebatador e uma história tortuosa de sonho dentro do sonho dentro do sonho, um divertimento assumidamente delirante mas que entretém.

Mas alguém precisa checar urgente a validade do quê o Christopher Nolan anda fumando ultimamente. Interestelar segue a mesma linha de filmes-cabeças do diretor, mas parece ter exagerado um pouco na dose de liberdade lisérgica e o resultado final ficou mais próximo de um samba do crioulo doido do que de qualquer outra coisa. Mais ou menos como se tivessem jogado no liquidificador algumas sobras de Gravidade e de 2001: Uma Odisseia no Espaço e misturado com cenas de filmes B de fim da vida no planeta Terra. Jogaram por cima alguns tratados de física quântica e de ciência espacial e uma dose forte de filosofia de botequim sobre o futuro da humanidade e dos entes queridos. Bateram forte e para servir usaram, no lugar da cereja, participações luxuosas de Anne Hathaway, Matt Damon, John Lithgow, Michael Caine, Casey Affleck, Ellen Burstyn e Topher Grace, comandados por Matthew McConaughey e Jessica Chastain.

Com quase três horas de duração, a segunda metade de Interestelar é quase torturante.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

BBC Radio 1 Live Lounge 2014

Um álbum que eu aguardo ansiosamente todo ano é a seleção do programa BBC Radio 1 Live Lounge, que reúne versões exclusivas das melhores músicas do ano gravadas especialmente para o programa além de versões cover super inspiradas gravadas por famosos. Desta vez o álbum reúne nada menos do que 39 faixas para fechar o ano com chave de ouro. Adorei a interpretação do Ed Sheeran para Stay With Me (originalmente do Sam Smith). Aliás, o Sam Smith também está no álbum, mas interpretando Berlin, originalmente do RY X.

O troca-troca de famosos interpretando sucessos de outros é o melhor do programa e do álbum. Como não amar o Maroon 5 dando este toque tão especial para Happy do William Pharrell?

Maroon 5 - Happy:

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Alto astral


E aí, gostou da estreia de Alto Astral? Dá para resumir em duas palavras: Carlo Porto. Mineiro, 33 anos, solteiro. Carlo interpreta o sedutor dr. Tavares, e é um dos motivos para não se perder nenhum capítulo da novela.

Finados


Aproveitando o clima de dia de finados, aproveitei para rever Contracorrente ontem, um dos filmes mais lindos que já vi sobre morte, amor, despedida e auto-aceitação. O filme entrou recentemente no catálogo do Netflix, então quem é assinante pode acessar e assistir ou rever quantas vezes tiver vontade a qualquer momento.

Eu, que já tinha me emocionado durante o dia nos momentos que dediquei para relembrar os meus mortos, fiquei novamente com os olhos marejados como da primeira vez em que vi o filme.

domingo, 2 de novembro de 2014

Vivendo o sonho de Brokeback Mountain


Se você achava que a história linda e emocionante dos cowboys de Brokeback Mountain estava restrita ao mundo da ficção, então você precisa conhecer o Dan e o Miki, um casal australiano que sempre gostou de roça e que toca a própria fazenda no estado de North Queensland. A ideia de criar galinhas no meio do nada não é tão estranha quando se está ao lado da companhia certa.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Pai nosso

O caldo entornou ontem em Império com a descoberta por Enrico (Joaquim Lopes) que o pai é gay. Você viu?